skip to content

UFOP e Prefeitura de Ouro Preto realizam pesquisa de mapeamento da população LGBTQIAP+

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Divulgação
A iniciativa "Não é só estatística: é sobre reconhecer e pertencer à cidade", promovida pelo projeto "POC: Papear, Ouvir e Conscientizar", da UFOP, e pela Prefeitura de Ouro Preto, tem como objetivo realizar o mapeamento da população LGBTQIAP+ da cidade.  
 
A coleta de informações da campanha acontece via formulário, que garante anonimato, direito ao sigilo e proteção. Cada participante deve preencher o documento uma única vez, para evitar equívocos na estimativa da pesquisa. Os dados levantados nesse mapeamento serão de acesso restrito à Secretaria Municipal de Saúde e seguirão a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei nº 13.709/2018). 
 
Para dúvidas ou informações, entre em contato pelo e-mail poc.pidic@ufop.edu.br.
 
 

Veja também

17 Dezembro 2021

O professor da Escola de Direito, Turismo e Museologia (EDTM) da UFOP, Edvaldo Costa Pereira Júnior, é também promotor de...

Leia mais

13 Dezembro 2021

O professor aposentado do Departamento de Geologia (Degeo) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Fernando Flecha Alkmim, foi eleito...

Leia mais

9 Novembro 2021

A Sociedade Brasileira dos Poetas Aldravianistas e a Editora Aldrava Letras e Artes, em parceria com o Instituto de Ciências...

Leia mais

8 Novembro 2021

Estudantes da Escola de Medicina (Emed/UFOP) vão receber uma moção de aplausos na Câmara de Vereadores de Ouro Preto. A...

Leia mais