skip to content

Comitê discute recomendações para realização do Enem nos campi da UFOP

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
O sistema de acompanhamento de indicadores de saúde dos alunos e servidores para a Covid-19, a revisão do plano e demandas para quando houver o retorno das atividades presenciais e as recomendações para a realização do Enem nos campi da UFOP foram os principais temas tratados na reunião do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus que ocorreu remotamente nesta quinta (14).
 
O processo de monitoramento da saúde dos alunos e servidores, que rodará no aplicativo Minha UFOP, está sendo desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) com orientação do Comitê. De acordo com o diretor do NTI, Aberlad Ramos Fernandes, o sistema estará pronto para uso da comunidade a partir de setembro.
 
O Comitê está finalizando também as orientações a serem encaminhadas à Administração Central para quando do retorno das atividades presenciais, com data ainda não definida. Estão sendo dimensionados as quantidades de totens com dispensação de álcool gel para pontos de maior circulação de pessoas, a exemplo das entradas de prédios, assim como para áreas vitais, como laboratórios, os equipamentos de segurança (EPIs) e álcool, entre outros produtos e sistemas.
 
ENEM - Coube ao Comitê também analisar o pedido da Comissão Organizadora do Enem, que entrou em contato com a Administração Central da UFOP para verificar se a Instituição pode disponibilizar 50% de sua capacidade de salas de aula nos campi de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade para a realização do certame de 2020. As análises e recomendações feitas pelo Comitê, já encaminhadas à Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento (Proplad), apontam para a necessidade de um aprimoramento das medidas até então preconizadas pelos organizadores do Enem.
 
PAINEL COVID-19 - A partir da próxima semana, após finalização de arte pela Coordenadoria de Comunicação (CCI), o Comitê divulgará, em duas edições semanais, um painel com as condições de contágio nas nas onze cidades onde a UFOP tem mais alunos e no estado de Minas Gerais. Às terças e sextas-feiras, conforme ficou acertado na reunião do grupo na semana passada, serão disponibilizados o número total e os números diários de contaminados e óbitos, a média móvel e as taxas de transmissão, letalidade, mortalidade e incidência.
 
A média móvel é calculada de acordo com a ponderação do registro de casos durante uma semana, fazendo com que a curva de progressão seja vista de forma mais regular, sem o impacto da baixa notificação dos fins de semana e do consequente acúmulo nas segundas-feiras. A taxa de transmissão, conhecida como R0 (erre zero), indica quantas pessoas cada indivíduo pode infectar, em média. Nesse caso, os indicadores menores que 1 demonstram uma tendência de queda da contaminação; entre 1 e 1,2 indicam uma condição exponencial intermediária (amarela); e acima de 1,2, uma condição exponencial alta (vermelha).
 
Quando essa taxa é vista ao longo do tempo, recebe a denominação de RT.  As outras três taxas são comparativos numéricos de referência: a de letalidade expressa a razão da quantidade de óbitos com os casos confirmados (em %); a de mortalidade é a divisão dos óbitos em relação à população do município (por grupo de 100 mil habitantes); e a de incidência é obtida da relação entre os casos e a população (por grupo de 100 mil habitantes).
 
Confira os dados de RT e media móvel dos onze municípios e de Minas Gerais:
 
 

Veja também

22 Janeiro 2021

Buscar meios de ampliar as informações foi um dos temas da reunião remota do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, realizada...

Leia mais

19 Janeiro 2021

O evento "Covid-19, Duas Visões: Escola e Front", que acontece no sábado (23), a partir das 9h, está com inscrições...

Leia mais

15 Janeiro 2021

Em reunião remota realizada ontem (14), o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus retomou as atividades com uma análise da crise...

Leia mais

4 Janeiro 2021

Um grupo formado por pesquisadores da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fundação Oswaldo...

Leia mais