Alunos da UFOP apresentam tecnologia capaz de monitorar doenças como a dengue | Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP skip to content

Alunos da UFOP apresentam tecnologia capaz de monitorar doenças como a dengue

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Divulgação
Lucas Teixeira, Guilherme Ribeiro e Luiz Antônio Salles desenvolveram a FieldReport, uma startup de tecnologia capaz de monitorar a dispersão de doenças em um espaço geográfico como, por exemplo, malária, esquistossomose, doenças relacionadas a água e, especialmente, a dengue, transmitida pelo mosquito aedes aegypti. Eles são alunos do curso de Ciência da Computação e de Economia da UFOP e apresentarão este trabalho no evento Campus Party, sexta e sábado (29 e 30), em São Paulo. 
 
Hoje, sabe-se que o mosquito transmite também outras doenças como a febre chikungunya e a zika,  o que coloca a saúde pública em alerta. E com a FieldReport é possível desenvolver soluções que permitem as cidades e comunidades tomarem decisões através da análise de informações geográficas em tempo real. Com este mapeamento, relatórios são gerados com dados precisos do comportamento dessas doenças favorecendo, portanto, o combate a elas.
 
Além disso, a equipe ainda oferece um aplicativo para agentes que fazem coleta de dados em campo. Este recurso poderá ser usado para que as informações sejam lançadas em tempo real a um servidor de dados, e a coleta poderá ser auditada fazendo-se o rastreamento destes agentes por meio de GPS, garantindo a qualidade da informação.
 
Com a FieldReport, os alunos pretendem contribuir para a melhoria das políticas públicas de agentes governamentais como Ministério da Saúde (Vigilância Sanitária, Vigilância Ambiental), administradores de Planos de Saúde, sistemas de saúde particulares e gestores de saúde de organismos multilaterais. Para conhecer mais sobre a startup FieldReport acesse o site.