skip to content

UFOP reforça a campanha contra a dengue

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Aprígio Vilanova
Em conjunto com as secretarias municipais de saúde de Ouro Preto e Mariana, a UFOP realizou na manhã de segunda (01), mais uma reunião da campanha contra o aedes aegypti. No dia 29, a Universidade recebe uma representante da Fiocruz, parceira na luta contra o mosquito.
 
Durante a reunião, foram discutidas medidas para promover a conscientização, tanto da população ouro-pretana e marianense quanto da acadêmia, incluindo os estudantes que moram em repúblicas e podem colaborar com os trabalhos que visam eliminar os focos de criação do mosquito. Ficou claro que uma das maiores armas contra a proliferação do aedes é o uso da informação. Para intensificar a campanha, serão distribuídos folhetos e realizadas palestras para toda a comunidade. A Rádio Ufop e a TvUfop também estão engajadas na campanha, produzindo conteúdos direcionados às doenças que o mosquito transmite. 
 
Segundo dados da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, o estado já registrou em janeiro mais de 20 mil casos prováveis de dengue. Em relação à febre chikungunya, 80 casos já foram notificados este ano, sendo que 38 desses já foram descartados e 42 seguem em investigação. Já com relação ao zika, todos os 24 casos notificados em 2016 seguem sob investigação. 
 
Em Ouro Preto, a Secretaria de Saúde notificou 13 casos de dengue, mas apenas um foi confirmado. Já em Mariana, há 17 notificações, sendo sete confirmados. 

Veja também

25 Março 2020

Em reunião realizada na última terça (24), o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da UFOP votou pela suspensão...

Leia mais

25 Março 2020

Em reunião realizada na última terça (24), o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da UFOP votou pela suspensão...

Leia mais

19 Março 2020

Conforme a Resolução Cuni 2337, de 17 de março de 2020, as atividades presenciais estão suspensas. Entretanto, a Universidade continua...

Leia mais

17 Março 2020

As atividades acadêmicas presenciais da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) foram suspensas por tempo indeterminado — com reavaliação quinzenal...

Leia mais