Ir para o conteúdo

Aulas são retomadas na segunda (16)

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
NPG

Estudantes e professores voltam às salas de aula da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) nesta segunda-feira (16), conforme previsto no calendário acadêmico. No entanto, até 3 de fevereiro, deverá haver flexibilidade em relação a processos avaliativos e à frequência, sob orientação da Prograd, considerando eventuais dificuldades de deslocamento dos alunos e professores  até os campi nas cidades de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade.

A decisão foi tomada após reunião promovida pela Administração Superior com as diretoras/diretores e vice-diretores/diretoras das unidades, realizada na última quarta-feira (11), para discutir como deve ser o retorno presencial, tendo em vista as chuvas que caem em Minas Gerais nos últimos dias e que levaram a danos nas estradas e riscos geológicos, principalmente em Ouro Preto. "O esforço coletivo dos participantes foi fundamental para chegarmos a um bom resultado", avalia o reitor em exercício, Hermínio Nalini Junior.

Hermínio destaca também a responsabilidade que a Universidade tem de garantir a manutenção do calendário, que sofreu severas modificações em função da pandemia. "A flexibilização que está sendo colocada, no entanto, também é uma vertente dessa responsabilidade, no sentido de que as vidas devem ser preservadas", acrescenta.

No momento, a UFOP está retomando o segundo semestre letivo de 2022, e as aulas do primeiro período de 2023 terão início em 2 de maio, lembra o pró-reitor adjunto de Graduação, Adilson Pereira dos Santos. "Sempre nos esforçamos para buscar as melhores soluções, avaliando, sobretudo, as consequências de uma eventual suspensão do calendário acadêmico, já tão sacrificado", afirma.

TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS - Por causa das chuvas, os servidores técnico-administrativos e terceirizados têm, desde segunda (9), a possibilidade de trabalhar remotamente. A partir de segunda (16), o trabalho volta a ser presencial, mas com a mesma flexibilidade proposta a professores e alunos até 3 de fevereiro. O objetivo é a preservação da vida desses trabalhadores. Casos específicos devem ser discutidos com as chefias imediatas, que têm autonomia para decidir sobre o ponto eletrônico.

A TV UFOP produziu Boletim sobre a flexibilização dos processos avaliativos e da frequência até 3 de fevereiro. Assista: 

Veja também

23 Fevereiro 2024

A Coordenadoria de Pagamentos e Benefícios (CPB) prorrogou até 10 de março o prazo para recadastramento do Auxílio Transporte. Após...

Leia mais

22 Fevereiro 2024

Na tarde desta quarta (21), os reitores das Universidades e Institutos Federais de Minas Gerais se reuniram com o presidente...

Leia mais

21 Fevereiro 2024

Em março, o Centro de Artes e Convenções da UFOP recebe eventos institucionais e culturais. A programação inclui o Dia...

Leia mais

21 Fevereiro 2024

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) vai receber a visita do subsecretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado...

Leia mais