skip to content

Exposição "Memorial Itinerante - Africanidades" debate questões étnico-raciais na formação de Minas Gerais

Twitter icon
Facebook icon
Google icon

A exposição "Memorial Itinerante - Africanidades", realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), por intermédio do Centro Cultural SESIMINAS Mariana e em parceria com o Memorial Minas Gerais Vale (MMGV), tem como objetivo levar à população do interior do estado de Minas Gerais a discussão e reflexão a respeito das questões étnico-raciais, propondo ações de fortalecimento das identidades e apropriação das matrizes africanas presentes na sociedade brasileira.

A abertura do evento será na Galeria SESI Mariana na sexta (17), às 19h e a visitação estará aberta diariamente até 24 de abril, das 9h às 11h e 12h às 19h.

A iniciativa inclui exposições em painéis, equipamento audiovisual e peças de acervo, além de um programa de formação em relações étnico-raciais para profissionais da área de educação e cultura. O "Africanidades" é composto por uma reprodução de seis ambientes do MMGV, que dialogam com a presença da cultura africana na formação de Minas Gerais.

VERTENTES DE ATUAÇÃO
Educacional: ação de política afirmativa que visa a formação de profissionais da área da educação acerca das relações étnico-raciais, pautada no trabalho realizado pelo setor educativo do MMGV e nas determinações da lei 10639/2003;

Cultural: exposição temporária composta por uma reprodução de seis ambientes do MMGV, que dialogam com a presença da cultura africana na formação de Minas Gerais.

Cerca de 20 representantes de escolas do município participarão das ações de formação para que os discentes sejam beneficiados com visitas guiadas, nas quais serão apresentados os desdobramentos gerados em nosso patrimônio cultural, material e imaterial, advindos das matrizes africanas.

AÇÃO FORMATIVA
Além da exposição cultural, serão oferecidas 20 horas de formação para profissionais da área da educação e cultura, divididas em quatro encontros de 4h cada e uma visita à exposição. Nos encontros serão abordados conceitos relacionados à temática étnico-racial por meio da metodologia da arte-educação (palestras, atividades lúdico-pedagógicas e artísticas); com certificação de participação.

A ação promoverá, principalmente em Mariana, identificação, reconhecimento e sentimento de pertencimento, levando em conta a cultura local e a história da Região dos Inconfidentes na qual a presença do negro africano escravizado foi essencial ao desenvolvimento da mineração e da construção dos municípios.

Para mais informações, acesse o site ou confira na agenda do Sesi Mariana.

Veja também

20 Setembro 2018

Os donativos serão arrecadados no domingo, 30 de setembro nos bairros de Ouro Preto e reunidos na República Canaan. O...

Leia mais

31 Agosto 2018

De acordo com a ONU, o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15...

Leia mais

17 Agosto 2018

Realizado em grupo para os sobreviventes da tentativa de suicídio, bem como para familiares e amigos de quem tentou ou...

Leia mais

8 Agosto 2018

Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, exceto feriados. Visitas guiadas são ofertadas durante todo o horário de funcionamento...

Leia mais