skip to content

Solenidade de Outorga dos Títulos de Professor e TAE Eméritos da UFOP

Data: 
05/12/2017 - 14:00
Descrição: 

Na próxima terça (5), serão outorgados os títulos de Professor Emérito ao docente José Benedito Donadon-Leal e de Servidor Técnico-Administrativo Emérito a Antônio Lourenço Borges.

José Benedito Donadon-Leal

De seus 36 anos imersos na luta pela educação, 34 deles José Benedito Donadon Leal dedicou à Universidade Federal de Ouro Preto. 

Donadon foi Presidente do Colegiado, Chefe do Departamento de Letras e Diretor do ICHS. Em 2008, viu nascer o atual Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), onde a convite do reitor auxiliou na implantação. Donadon foi um dos responsáveis pela readequação dos projetos pedagógicos dos cursos de Administração e Jornalismo, atuou nos colegiados dos quatro cursos do Instituto, sendo também Chefe de Departamento e, atualmente, é diretor do ICSA pela segunda vez. Além do curso de Letras, foi professor nos cursos de Jornalismo e Administração, em Mariana, e Farmácia e Nutrição, em Ouro Preto. 

Apesar dos fortes vínculos criados com a Universidade, Donadon afirma que foi surpreendido com a indicação como Professor Emérito, sugerida pela administração do ICSA. “A ideia que temos das instituições é que elas são muito frias. Como as administrações são periódicas, nem sempre as mesmas pessoas acompanham a trajetória daqueles que trabalham aqui. Vi que a Administração da UFOP pensa em pessoas, reconhece valores e a importância dos indivíduos. Foi uma vida de dedicação à UFOP. Tenho um amor incondicional a essa Universidade. Sou defensor do ensino superior público e gratuito e vou continuar lutando enquanto tiver forças para que isso possa acontecer”, declarou.

Antônio Lourenço Borges

Atualmente aposentado, Antônio Lourenço Borges foi servidor da UFOP por mais de 35 anos, contados a partir de 1982. Antônio começou no setor de manutenção e obras, por onde permaneceu por oito anos. Logo após, participou de um processo interno e passou para a portaria do ICEB, e depois para a portaria da Escola de Farmácia, departamento onde trabalhou por mais tempo. Em 2006, assumiu a função de administrador do prédio.

Antônio se sente muito gratificado, pois mesmo sendo semi-analfabeto conseguiu se aposentar como administrador de edifícios. Gosta de manter relações de amizade com todos e, ao longo de seus anos de trabalho, procurou colaborar para que suas relações com técnicos-administrativos, com professores e com diretores fosse pacífica. "Todos os cargos e todas as funções são importantes. Os docentes, os discentes, os técnicos-dministrativos. O importante é exercer a função com gosto, com boa vontade", afirma.

Embora se sinta feliz com a aposentadoria, Antônio entende que os mais novos não conseguirão chegar a esse momento, mesmo tendo níveis de escolaridade maiores que os dele, como ocorre com seus filhos. Antônio está satisfeito por receber a homenagem de servidor técnico-administrativo Emérito e acredita que a homenagem dará "uma sensação mais duradoura", afinal, do cargo, ele já se aposentou. 

Local: 
Centro de Artes e Convenções da UFOP - Salão São João Del Rei
d s t q q s s
 
 
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30