skip to content

Comunicado da Reitoria sobre o orçamento da UFOP para 2017

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Mateus Marques

O Governo Federal publicou no dia 07 de agosto, por meio do SIMEC (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle), a proposta de orçamento das Universidades Federais para 2017. Os dados foram apresentados via sistema com cortes significativos de limites orçamentários, sem nenhuma informação prévia e sem qualquer negociação. Estes cortes se somam a outros promovidos recentemente, como: corte de 70% do Proap, que é o custeio da pós-graduação, e de 20% de bolsas de iniciação científica do CNPq. Na proposta apresentada, a parcela de custeio foi cortada em 18% e o investimento em 41% em relação ao orçamento de 2016 da UFOP. Em números absolutos, isto significa que teremos 17,6 milhões a menos no orçamento. Considerada a inflação do período e os cortes, a Universidade teria que se manter em 2017 com aproximadamente três quartos do orçamento de 2016.

Os cortes são impostos em um contexto em que o número de alunos de graduação da UFOP aumentou em 120% nos últimos dez anos e o número de cursos de pós-graduação da instituição cresceu em 342% no mesmo período. Hoje temos mais de 15 mil alunos, sendo que implantamos integralmente a política de cotas, significando que 50% dos estudantes ingressantes na graduação são oriundos de políticas de inclusão. A Universidade cresceu muito rapidamente e passou a abrigar uma proporção maior de alunos que necessitam de políticas de permanência na instituição. Resta claro que há uma impossibilidade de conciliar a ampliação da Universidade, especialmente pela via indispensável da inclusão que temos praticado, com restrições orçamentárias crescentes como as que se consolidam. Considerando todo o esforço de ajuste que já fizemos, podemos dizer com clareza que chegamos ao limite. A Reitoria da UFOP está envidando esforços para reverter essa situação junto ao Governo Federal, pois caso prevaleça essa previsão orçamentária, a Universidade Federal de Ouro Preto terá sérias dificuldades em manter suas atividades em 2017.  

 

Veja também

23 Fevereiro 2016

Em virtude dos atos de violência cometidos contra três alunas da UFOP, em uma de suas repúblicas, no último fim...

Leia mais

9 Março 2016

Diante da possibilidade de cortes no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), e até mesmo de sua...

Leia mais

3 Maio 2016

O presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão desta Universidade, reitor Marcone Jamilson Freitas Souza, convoca para a 356ª...

Leia mais

20 Junho 2016

Devido a uma interrupção de energia feita pela CEMIG, nesta terça (21), a Reitoria de UFOP vai funcionar das 13h...

Leia mais