skip to content

Professora do Departamento de Computação integra projeto de pesquisas em neuromatemática

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Tamara Pinho


A professora do Departamento de Computação  (Decom)  da UFOP, Amanda Nascimento, com docentes de instituições brasileiras e estrangeiras, participa do projeto do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) em Neuromatemática (NeuroMat), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A iniciativa tem o objetivo de apresentar um novo quadro conceitual para o funcionamento dos neurônios.


Amanda participa do projeto desde 2013, quando terminou o doutorado em Engenharia de Software e passou a trabalhar como pesquisadora assistente no NeuroMat. Dentro do projeto, a pesquisadora, sob a orientação da professora Kelly Rosa Braghetto (USP), iniciou o desenvolvimento de ferramentas computacionais que visam a facilitar a realização e divulgação de pesquisas científicas realizadas pelo NeuroMat.


O NeuroMat consiste na criação de um centro de matemática, que integra a modelagem matemática com pesquisa básica e aplicada na fronteira na neurociência. A criação do centro se deu devido à grande quantidade de dados que os laboratórios de pesquisas são capazes de gerar, mas que dependem de novos modelos matemáticos para serem analisados.


A UFOP é uma das poucas universidades brasileiras, fora de São Paulo, a ter uma professora participando do projeto. Para Amanda, é importante essa participação para gerar visibilidade para a UFOP. “NeuroMat é um projeto de muita visibilidade científica, tanto no cenário nacional quanto internacional. Muitos dos pesquisadores envolvidos estão entre os mais conhecidos de sua áreas, especialmente da Matemática e da Ciência da Computação. Toda universidade que se envolver com o projeto vai beneficiar, além da visibilidade mencionada, uma oportunidade de interlocução de alto nível, na ponta da ciência, que vai acarretar muitas publicações científicas de grande impacto”.


Para saber mais sobre o projeto, acesse o site.