skip to content

Em cartaz neste carnaval, a proteção e o respeito

Twitter icon
Facebook icon
Google icon

Com o Carnaval chegando, a Universidade Federal de Ouro Preto lança suas recomendações para as festividades, ressaltando a importância e necessidade da proteção individual e do respeito à mulher e à diversidade. Por meio de campanhas de conscientização, o objetivo é promover comemorações sem imprevistos e abusos.

A reitora da UFOP, Cláudia Marliére, divulgou um comunicado que pede a colaboração de alunos e ex-alunos da Universidade para que evitem o excesso de álcool e consumo de drogas durante o carnaval e, também, atos de violência e preconceitos, tais como machismo, racismo, homofobia e transfobia. Nenhum ato sem consentimento é permitido.

Cláudia ressalta ainda o caráter histórico da cidade de Ouro Preto, que é Patrimônio Cultural da Humanidade. Por isso, é importante destacar o cuidado que se deve ter com a propriedade pública e com os moradores. Leia o ofício completo.

“EM CARTAZ NO CARNAVAL” - Com o propósito de abranger os estudantes que residem em Ouro Preto, Mariana e João Monlevade, a campanha “Em cartaz no Carnaval” trará em cena o respeito ao próximo e a autopreservação. Para isso, a Universidade contará com o apoio da Associação das Repúblicas Reunidas de Ouro Preto (Arrop) e da Associação das Repúblicas Federais de Ouro Preto (Refop) para levar a conscientização até os universitários. 

A ação realizada em prol do respeito à mulher terá um complemento com o apoio do projeto “Aconteceu no Carnaval”, uma iniciativa da rede Minha Ouro Preto, do Movimento de Mulheres Olga Benário e do coletivo M.U.N.A. Com ele, as mulheres que sofrerem abusos e assédios durante carnavais podem relatar o ocorrido. O intuito é expor o que as folionas passam, para que aconteça cada vez menos esse tipo de situação. 


A TV UFOP também entra na campanha com a produção “A rua é de todos e todas, e o respeito também”. O vídeo traz o clima de respeito às diferenças, sem espaço para machismo, homofobia, racismo e qualquer outra forma de preconceito, levando a mensagem "Manas, manos, minas e monas: a rua é nossa. Se liguem e não antecipem a quarta-feira de cinzas, curtir a folia com respeito é muito mais amor". Assista:

Veja também

20 Julho 2018

O Sistema de Bibliotecas e Informação (Sisbin) da UFOP divulga os horários de funcionamento das bibliotecas da Universidade durante o...

Leia mais

20 Julho 2018

A Secretaria dos Órgãos Colegiados (SOC) divulgou o resultado final da eleição para representantes da classe docente nos conselhos superiores...

Leia mais

19 Julho 2018

As propostas devem ser enviadas até 18 de agosto, presencialmente ou por correio (via Sedex), no endereço: Universidade Federal de...

Leia mais

17 Julho 2018

A Secretaria dos Órgãos Colegiados (SOC) divulgou resultado parcial da eleição para representação das classes docentes nos conselhos superiores da...

Leia mais