skip to content

UFOP planeja debates para implementar Projeto Pedagógico das Licenciaturas

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Nathália Viegas
Neste primeiro semestre de 2016, serão realizadas mesas de debates e palestras, com convidados e pesquisadores da área de formação de professores, para contribuir com as discussões sobre as diversas temáticas ligadas à formação docente. Paralelamente, cada curso construirá seus projetos pedagógicos, com as especificidades da área, baseado em projeto institucional, com base na identidade de professores que a Universidade almeja formar. 

A iniciativa é fruto da aprovação, em julho do ano passado, pelo Ministério da Educação (MEC), de uma nova diretriz curricular para os cursos de licenciatura, com a proposta, principalmente, de elaboração dos currículos de maneira mais coletiva. Além disso, são sugeridas mudanças significativas nos cursos de formação de professores, sobretudo com ampliação da carga horária, impactando diretamente nos currículos. 

Outro objetivo é fortalecer estruturalmente uma rede de trocas, com professores das licenciaturas, no sentido de promover conhecimento, trocas de experiências sobre as práticas pedagógicas significativas já desenvolvidas e a construção do Projeto Pedagógico Institucional das Licenciaturas (PPL). No PPL, estarão elencados os objetivos do curso, o perfil do egresso, os componentes curriculares, a metodologia e as práticas pedagógicas a serem desenvolvidas no curso, além das formas de avaliação da aprendizagem. 

O Pró-reitor adjunto de Graduação, Luciano Campos, destaca os benefícios das mudanças para o aluno.  “Tão logo o projeto pedagógico da licenciatura for aprovado, os cursos vão começar a reformar seus currículos e os alunos vão sentir em sala a diferença em termos de uma carga pedagógica maior e projetos do dia a dia diferenciados, estimulando atividades conjuntas entre os cursos”, assinala. 

Na Universidade, a Câmara dos Colegiados já possui representação de todos os coordenadores de cursos da UFOP. Na Câmara, há uma subcâmara exclusiva para as licenciaturas, de onde saíram os representantes para conduzir o processo, fazer contatos com alguns convidados e organizar atividades referentes à elaboração da metodologia de trabalho.
 
A técnica em Assuntos Educacionais e coordenadora do Núcleo de Apoio Pedagógico (Nap), Juliana Santos da Conceição, acredita que é um momento muito rico, quando professores vão ter a oportunidade de repensar sua própria formação. “A educação básica carece de tantas questões. É um desafio atrair esse aluno e garantir a permanência dele. Precisamos pensar em uma licenciatura que atraia, que tenha uma boa bagagem e uma boa formação para que ele possa atuar”, defende. "O que a gente mais espera é que esses alunos passem cada vez mais a sentir que fazem parte de um curso de formação de professores, e que passem a se identificar com essa profissão”, finaliza Campos. 

Veja também

18 Junho 2018

A Escola Estadual Luiz Prisco de Braga é a instituição pública que mais possui alunos no Instituto de Ciências Exatas...

Leia mais

13 Junho 2018

Quer conhecer os cursos de graduação da Universidade Federal de Ouro Preto? As inscrições para a XI Mostra de Profissões...

Leia mais

11 Junho 2018

Em parceria com o Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) e o Instituto Douglas - Québec/Canadá, a Escola de...

Leia mais

5 Junho 2018

A Empresa Júnior de Revisão e Tradução de Textos do curso de Letras da UFOP (Rever) está com inscrições abertas...

Leia mais