skip to content

Professora da UFOP participa de criação de peça que retrata tragédia de Mariana

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Baseado na tragédia de Bento Rodrigues, o espetáculo LAMA, produzido pelo Grupo Teatro Andante, entrou em cartaz neste último fim de semana, em Belo Horizonte. A peça conta as histórias de moradores do distrito que tiveram a vida afetada pelo rompimento da Barragem de Fundão em 2015 e propõe uma reflexão sobre o que aconteceu com base nos diálogos e movimentos dos atores. 

A professora de Filosofia da UFOP, Guiomar de Grammont, participou da construção da dramaturgia e texto, o que permitiu aproximar os atores das memórias da tragédia.

A peça está em cartaz nos dias 19 e 20 de junho, no espaço Zap Dezoito, com ingressos a 20 reais (inteira) e 10 reais (meia). 

Acesse o site para mais informações. 

A TRAGÉDIA - Em 5 novembro de 2015, a Barragem de Fundão rompeu, e a enxurrada de lama devastou o distrito de Bento Rodrigues. A tragédia deixou 19 mortos, além de desabrigar várias pessoas e deixar rastros de destruição à medida que alcançava outras cidades até chegar ao mar, no Espírito Santo.

A lama atingiu o Rio Doce que passa por 228 cidades de Minas e, segundo o Ibama, 11 mil pessoas foram prejudicadas de alguma forma. A cobertura de lama que se formou ao longo do caminho tornou o solo infértil, danificando a fauna e a flora dos locais atingidos.

Atualmente, os atingidos pela barragem de Bento Rodrigues moram em Mariana.
 

Veja também

21 Junho 2018

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UFOP divulga o curso de capacitação de combate aos mosquitos Aedes aegypti e Aedes...

Leia mais

21 Junho 2018

As atividades do Cine Vila Rica passaram a ser realizadas no Anexo do Museu da Inconfidência a partir deste mês...

Leia mais

12 Junho 2018

img_4856.jpg Fabrício Igbó O que significa de(s)colonizar nossos conhecimentos, nossa ciência, e o que fazemos com isso? Essa é a...

Leia mais

12 Junho 2018

Em 26 de maio, aconteceu a primeira edição do Campus Aberto no campus de João Monlevade, no Instituto de Ciências...

Leia mais